Categorias
Religião e Espiritualidade

Você vai gostar desses 6 livros sobre fantasmas

Assim como os contos de folclore, o imaginário popular é repleto de histórias que abordam o sobrenatural. Pensando em alimentar ainda mais a curiosidade, autores diversos já assinaram os mais interessantes livros sobre fantasmas.

Para abordar mais o assunto, no artigo a seguir você vai poder conferir algumas das mais populares e acessíveis obras do mercado. Afinal, para você espantar a falta de leitura, os livros sobre fantasmas são uma forma sadia e educativa de passar o empo.

Sugestões de livros sobre fantasmas

Eles já invadiram a imaginação e até as telas dos cinemas. No entanto, a variedade de livros sobre fantasmas é ainda maior. Por isso, resolvemos listar alguns dos títulos mais interessantes sobre o assunto. Veja abaixo quais os livros sobre fantasmas que podem surpreender você.

1. O Fantasma da Ópera, por Gaston Leroux

Para abrir nossas dicas de livros sobre fantasmas, indicamos a leitura da história clássica sobre um triângulo amoroso que originou um dos maiores musicais já apresentados na Broadway. Aliás, esta obra é um romance francês que tem inspiração em fatos reais acontecidos na ópera de Paris.

Ou seja, nesta ficção gótica do século XIX, o enredo narra o triângulo amoroso na forma de um thriller cheio de inspirações e intrigas diabólicas. Aliás, são esses ingredientes que mantêm a obra relevante mesmo após cerca de duzentos de sua publicação.

Na leitura, depois de vários acontecimentos funestos e estranhos, a nova direção da casa de ópera parisiense começa a acreditar que um fantasma está assombrando o local. Nesse caso, ele é uma criatura desfigurada e de passado enigmático, capaz de criar tragédias e trotes diversos.

Enfim, esse fantasma costuma habitar o subterrâneo da construção, usando ainda a sua voz para seduzir uma famosa cantora. No entanto, ao romper essa ligação romântica, ela acaba sendo arrastada para os porões sinistros, numa trama clássica que envolve mistério, música e horror.

2. Áurica, por Gina Rosati

Mais um dos livros sobre fantasmas para você ficar de cabelo em pé, nesta história você vai conhecer Anna, uma garota que parece ser normal. No entanto, ela esconde o segredo de poder fazer viagens astrais ao sair do corpo.

Contudo, ao sofrer um acidente fatal, uma colega de escola passa a tomar posse de seu corpo. A partir de então, Anna passa a viver como se fosse a amiga. Diante desse pesadelo de ficar presa num limbo e de nunca mais poder ser ouvida, tocada ou vista, Anna procura pedir ajuda ao Rei, que é seu melhor amigo.

Enfim, dois procuram recuperar o corpo de e ainda impedir que a amiga acuse um amigo em comum de ser responsável pela sua própria morte. Nesse sentido, eles bolam um plano para resolver esses problemas, mas são surpreendidos por um sentimento que passa a crescer entre eles.

3. Fantasmas do Mercado das Sombras, por diversos autores

Nesta obra, são apresentadas as compilações relativas a dez contos dos autores Maureen Johnson, Cassandra Clare, Sarah Rees Brennan, Kelly Link e Robin Wasserman. Em outras palavras, a leitura conta com a presença de seres como lobisomens, fadas, vampiros e feiticeiros.

Além do mais, vale salientar que o Mercado das Sombras é um local no qual esses seres vendem e compram objetos mágicos. Assim, esses podem conjurar magias, dividir segredos e fazer barganhas e negócios escusos.

Como resultado, esse mercado passou a receber visitantes de uma cidade sinistra. Enfim, a leitura da obra oferece a você uma história que aborda o contexto das celebrações festivas locais e as negociações sombrias feitas no local.

Livros sobre fantasmas

4. As brigadas fantasma, por John Scalzi

Apesar de ser uma continuação de romance já premiado, esta obra também merece destaque entre nossas dicas de livros sobre fantasmas. No enredo, a leitura narra a vida de uma tenente que descobre um plano para subjugar e erradicar toda a humanidade.

Aliás, o planejamento desse genocídio é detalhado a partir da cooperação de um ser humano e outras raças. Nesse sentido, para combater a trama, são criadas tropas nascidas com o objetivo de protegerem os humanos.

A partir da liderança da tenente, a obra aborda temas como o senso de companheirismo diversos conflitos de identidade. Em suma, ao passo que os soldados precisam impedir a guerra de espécies, precisam lidar com o fato de um possível traidor estar em meio às trincheiras do combate.

Para isso, o livro oferece a você uma escrita leve, inteligente e dinâmica, característica marcante nas obras do autor. Enfim, a leitura é prato cheio para quem quer analisar questões éticas em meio a casos de conspirações.

5. Os fantasmas, por César Aira

Uma dica de livros sobre fantasmas com autoria argentina, a obra é assinada por um dos grandes nomes da atualidade. Na leitura, a trama tem como base uma lenda urbana local. Aliás, o cenário dos fatos narrados situa-se num prédio em construção na Buenos Aires dos anos 1980.

Em relação ao enredo, a história gira em torno do último dia desse ano, quando os futuros proprietários visitam o local. Na ocasião, os operários estão ocupando um dos andares, mas alguns fantasmas também fazem parte das comemorações de réveillon.

Além dessa improvável harmonia entre eles, o autor reflete temas sobre economia, literatura, vida, morte e arquitetura. Para isso, ele analisa diversos pontos de vista, dando origem para uma leitura divertida e original.

6. A casa assombrada, por John Boyne

Para finalizar nossa lista com sugestões livros sobre fantasmas, uma obra que alia mistério e drama familiar. No enredo, uma jovem moça enfrenta a perda recente do pai. A partir de então, vê-se sozinha e sem condições de poder manter-se.

Nessa hora, ela acaba se interessando por um anúncio misterioso sobre uma vaga para governanta, que ainda terá como tarefas cuidar e educar crianças. No entanto, não há definição sobre quantas são e quantos anos elas têm. Mesmo assim, ela deixa seu emprego numa escola para garotas e ruma para o desconhecido.

Enfim, nesta dica de livros sobre fantasmas, claro que coisas assustadoras começam a acontecer com ela. Até porque essa aventura encanta e intriga qualquer leitor que possua coragem suficiente para seguir cada passo da personagem.

Categorias
Religião e Espiritualidade

Os principais livros sobre Umbanda para entender a religião

Um dos principais meios de combater a intolerância religiosa, é justamente estudando. É possível, por exemplo, realizar grandes e ótimos estudos a partir dos livros sobre Umbanda. Dessa forma, agrega-se um conhecimento diferenciado e muito necessário nos dias de hoje.

A Umbanda

Diferente do Candomblé, a Umbanda é uma religião de matriz brasileira, mas que possui uma série de elementos do Candomblé e também do cristianismo e, inclusive, é derivada de diversas religiões africanas. O seu início deu-se no século XX, no sudeste do Brasil.

Desde então, a religião se popularizou e conquistou filhos em todo o Brasil. Conhecida como uma das mais conhecidas e misteriosas religiões, acaba passando por grandes desentendimentos. Por conta disso, livros sobre Umbanda foram sendo lançados com o passar do tempo, a fim de garantir uma visão mais clara sobre o assunto.

Os melhores livros sobre Umbanda

Os livros sobre Umbanda são escritos por estudiosos e pelos próprios frequentadores de centros umbandistas. Além disso, visam disseminar conhecimento de forma correta e clara para todos aqueles que possuem vontade de entender mais sobre o assunto, sejam praticantes, estudiosos ou somente pessoas que possuem interesse no assunto.

1. As Sete Linhas de Umbanda: A Religião dos Mistérios – Rubens Saraceni

Rubens Saraceni é considerado um dos maiores escritores do gênero. Participante da religião, possuía grande conhecimento sobre a mesma e, assim, disseminava-os em seus livros, sempre prezando pelo respeito, clareza e muita objetividade.

O livro permite aos leitores conhecer o que são os Orixás, quais suas essências básicas e o que tudo isso tem a ver com as esferas e demais dimensões universais. O livro é considerado um dos principais e necessários livros sobre Umbanda.

2. Umbanda Não É Macumba – Alexandre Cumino

Muitas pessoas leigas no assunto, acabam confundindo a Umbanda com a Macumba. Entretanto, a Macumba é um instrumento musical utilizado em cultos africanos e afro-brasileiros há muitos e muitos anos.

Hoje em dia, é um termo pejorativo e que o livro visa esclarecer de uma forma objetiva e clara, na intenção de oferecer conhecimento e mostrar que tal apelido não se aplica à religião.

3. Médium: Incorporação Não é Possessão – Alexandre Cumino

Outro dos livros sobre Umbanda que fez sucesso, fala sobre a incorporação. Também de Alexandre Cumino, o livro é um dos primeiros que fala sobre a incorporação de uma forma realista e sem mistificações.

Assim, aborda de uma forma muito prática todos os conflitos, dificuldades e situações desagradáveis que todos os médiuns passam no decorrer da vida. Além disso, também explica a sensação de estar incorporado e como é ver o mundo através dos olhos de um Guia de Umbanda.

Livros sobre Umbanda

4. Umbanda Bem Explicada – Daniel Soares Filho

O livro agrega um conhecimento diferenciado, já que tem informações de pessoas que realmente vivem dentro da Umbanda e contam seus relatos, explicam e oferecem uma grande quantidade de conhecimento.

No geral, o livro possui uma abordagem e fala mais voltada para membros da religião, portanto, pode se tornar um pouco confuso para quem não frequenta. Entretanto, pode ser uma ótima forma de começar.

5. Umbanda: Crenças, Saber e Prática – Miriam Prestes

Esse livro pode rapidamente se tornar o livro de cabeceira de todo Umbandista ou simpatizante pela religião. Afinal, aborda informações de suma importância para leigos, adeptos ou iniciantes na Umbanda.

O livro é um dos livros sobre Umbanda mais conhecidos por umbandistas do Brasil todo. Além disso, também é considerado um dos mais necessários livros sobre Umbanda para todas as pessoas que estão tentando de aprofundar no assunto.

6. Umbanda Pé no Chão – Norbero Peixoto

O livro aborda temas diferenciados dos demais livros sobre Umbanda. Afinal, oferece uma descrição muito clara sobre os cristais por Orixá, os altares, tronqueiras, assentamentos, etc. Visa explicar de forma moderna e clara como as entidades realizam os trabalhos e tudo sobre os preceitos religiosos.

Assim, o livro é considerado um dos maiores guias atuais de estudo sobre a religião. Rapidamente se tornou um dos mais comentados por estudiosos e médiuns umbandistas.

7. Exu não é Diabo – Alexandre Cumino

Um dos livros sobre Umbanda de maior polêmica, é Exu Não é Diabo. O livro explica que é fácil para os umbandistas entenderem o que é um Exu, mas que a grande maioria das pessoas o interpretam de forma errada.

Logo, a intenção é desmistificar completamente o tema, explicando sem achismos e de forma muito objetiva. Dessa forma, o autor visa quebrar o tabu que muitas pessoas têm de acreditar naquilo que é replicado. É uma forma de rebater as acusações contra as falanges de Exu e, assim, ter a oportunidade de mostrar ao leitor sobre o que realmente essas entidades são.

8. Orixás Ancestrais – Rubens Saraceni

Outro livro do autor que é considerado um dos maiores escritores de livros sobre Umbanda, é Orixás Ancestrais. O livro, feito por intermédio de uma entidade, explica o que são os Orixás, quais os aspectos positivos, negativos e toda a abordagem história e hereditária do assunto.

9. O Objetivo Cósmico da Umbanda – Hercílio Maes

No livro, é abordado sobre a ausência de competição entre todos os espíritos benfeitores, independente da sua atuação no mundo espiritual. Além disso, aborda a origem da Umbanda e qual a sua real missão e significado no Planeta Terra.

Dessa forma, o livro atua lembrando as pessoas do real objetivo e que deve existir a ausência de competitividade para que haja um despertar mútuo e belo entre todas as pessoas, sejam elas médiuns umbandistas ou não.

Também quebra o tabu da necessidade de haver vestimentas exóticas e tão diferentes das demais, tentando mostrar a religião e as entidades de uma forma crua, sem paramentos ou maquiagens. Assim, agrega uma linguagem mais aprofundada e quase holística sobre o assunto.

A sua linguagem, em geral, é mais voltada para pessoas adeptas da religião. Entretanto, consegue se comunicar de forma clara e pacífica com todos os leitores.

10. Descomplicando os Guias de Umbanda – Eliana Pacco

Descomplicando Os Guias de Umbanda, é considerado um dos livros mais esclarecedores e acessíveis para todos os públicos. Nele, é possível conseguir interpretar nomes, identificar o objetivo e representatividade de cara Guia junto ao médium, além de também entender os trabalhos feitos dentro da religião.

Dessa forma, é um dos livros sobre Umbanda que aborda de forma comovente o início da religião, tudo o que ela enfrentou, como é vista e também quem são os chamados Guia de Esquerda, a fim de esclarecer a má interpretação que existe sobre eles.

Categorias
Religião e Espiritualidade

6 livros sobre sonhos que todo mundo precisa conhecer

Se você está se perguntando por que continua tendo aquele sonho recorrente, talvez seja a hora de recorrer a livros sobre o significado dos sonhos para ter uma ideia. Mas os livros sobre sonhos vão muito além de interpretações e significados, podendo tratar também sobre os sonhos lúcidos, por exemplo.

Muitas pessoas compartilham os mesmos sonhos comuns – sonhos com a família, sonhos com dinheiro, pesadelos com o trabalho – e cada uma delas carrega um significado mais profundo que pode lançar luz sobre você e sua vida.

A interpretação dos sonhos

A ideia por trás da interpretação dos sonhos, que foi defendida desde cedo por personalidades como Sigmund Freud e Carl Jung, é que, se você pode gravar e interpretar seus sonhos, pode conscientemente se ajudar a trabalhar com o que está subconscientemente lutando. Sonhos, como muitos psicólogos, cientistas e teóricos concordam, são importantes mecanismos de processamento que nossas mentes desenvolveram para nos ajudar a lidar com as emoções, conflitos e tensões do dia a dia. Compreender seus sonhos é a chave para se entender.

Parece um monte de baboseira, certo? De fato, embora nem todo sonho tenha um significado sólido e concreto, aprender sobre as possibilidades pode ser igualmente benéfico para sua paz de espírito. Então, você acha que está pronto para saber o que seus sonhos significam para sua vida de vigília? Assim sendo, experimente estes cinco livros sobre interpretações de sonhos e, como um bônus, conheça também o 6º livro que ajudará você a ter uma vida muito mais intensa e completa através dos sonhos lúcidos!

Livros sobre sonhos que mudarão sua vida

1. A Interpretação dos Sonhos, por Sigmund Freud

O trabalho seminal de Freud, A Interpretação dos Sonhos foi publicado em 1900 para inaugurar o novo século. De fato, este livro notável inclui a análise de seus próprios sonhos para ilustrar sua teoria dos sonhos. Além disso, o trabalho transmite não apenas a compreensão de sonhos de Freud, mas também suas ideias preliminares sobre o funcionamento mental. Assim, ele examina as complexidades texturizadas do pensamento inconsciente e a complexa relação entre o sonho e o pensamento racional.

Para Freud, a interpretação dos sonhos era o caminho real para o conhecimento das atividades inconscientes da mente. É fundamental para sua técnica de sonhos, juntamente com a livre associação.

2. Jung e a Interpretação dos Sonhos, por James Hall

Carl Jung expandiu a noção de inconsciente além do pessoal para abranger o universal, ou o que ele chamou de inconsciente coletivo. Ele estava em termos mais amigáveis ​​com o inconsciente do que Freud e afirmou no Livro Vermelho: “devo aprender que os resíduos dos meus pensamentos, dos meus sonhos são o discurso da minha alma. Devo carregá-los em meu coração e passar por eles em minha mente, como as palavras da pessoa mais querida para mim”.

Desse modo, essa interpretação dos sonhos junguianos por James Hall fornece uma introdução perspicaz a Jung. Hall via o sonho como compensatório, expandindo a visão limitada do ego.

Ou seja, ele comunicava uma mensagem ao ego, iluminando seu caminho de individuação. A análise junguiana dos sonhos envolve o diálogo entre o ego e o inconsciente, usando técnicas de interpretação e imaginais.

A “imaginação ativa”, uma técnica desenvolvida por Jung, dá voz às imagens dos sonhos usando formas de auto expressão, como desenhar ou escrever. Indo além do pessoal, o analista junguiano amplia a imagem, vinculando-a a padrões arquetípicos transcendentes.

3. Ficções Que Curam, por James Hillman

O livro de James Hillman transmite sua teorização radical sobre os sonhos. Sua escrita é desconstrutiva e desestabilizadora, estimulando a imaginação do leitor a aprender a linguagem dos sonhos. Ele achava que Freud e Jung traduziam o sonho para a linguagem do despertar e, ao fazê-lo, negligenciavam a qualidade subversiva dos sonhos. Ele afirma: “devemos reverter nosso procedimento usual de traduzir o sonho em linguagem do ego e, em vez disso, traduzir o ego em linguagem do sonho. Isso significa realizar um trabalho onírico no ego.”

O sonho precisa impactar a consciência desperta. “O trabalho dos sonhos transforma os eventos da vida em substância psíquica, por meio do modo imaginativo”. Hillman considera o sonho uma ferramenta para ensinar o “ego heróico” a sonhar e, ao fazê-lo, a experimentar o mundo mais plenamente.

Livros sobre sonho

4. Teoria e Prática de Dream Tending, por Stephen Aizenstat

O chamado “Dream Tending” é uma maneira de trabalhar com os sonhos desenvolvidos pelo Dr. Stephen Aizenstat. Assim, é criado um espaço imaginal, um teatro para o sonho entrar no mundo da vigília. Seu livro Teoria e Prática de Dream Tending é um relato eloquentemente pessoal da maneira de Aizenstat entender e trabalhar com sonhos. Com base no trabalho de Freud, Jung e Hillman, ele apresenta exemplos de seu método, bem como exercícios que orientam o leitor no desenvolvimento de uma prática de sonho.

O método de Aizenstat é mais uma maneira de ser do que um conjunto de técnicas. Ele prioriza a importância da prática de sonho pessoal do concurso de sonho. A proposta do sonho é incentivada a encontrar o sonho com paciência, curiosidade e escuta profunda que esvazia a mente das pré-concepções.

5. O Sentido Social dos Sonhos, por Gordon Lawrence

Em seu livro editado, O Sentido Social dos Sonhos, ele descreve a base teórica do social sonhando e suas aplicações práticas à consulta organizacional, resolução de conflitos e empreendimentos criativos colaborativos. Ele cunhou o termo “Matriz de Sonhos Sociais” para destacar o poder generativo do trabalho colaborativo dos sonhos e diferenciá-lo de grupos que se concentram na dinâmica interpessoal e de grupos tradicionais que trabalham em sonhos únicos.

Em uma Matriz de Sonhos Sociais, todos os participantes podem compartilhar sonhos. Eles são convidados a oferecer seus sonhos ao grupo e a ouvir os sonhos dos outros como seus. Essa é uma maneira de abandonar a propriedade individual do sonho e difundir as fronteiras entre o eu e o outro. Através do compartilhamento e associação com as imagens dos sonhos, surgem significados que ampliam a dimensão pessoal de um sonho e aprofundam a conexão de alguém com os outros.

No sonho, existem “múltiplos portadores de consciência”, apesar de haver um ponto de vista de que o trabalho dos sonhos é acessado através da imaginação incorporada. Ou seja, essa técnica concentra-se nas particularidades das figuras oníricas e nos sentimentos e sensações correspondentes que elas evocam no sonhador, levando o sonhador a se identificar com diferentes imagens e a se relacionar com a multiplicidade. Classifica-se, assim, como um dos melhores livros sobre sonhos lançados até hoje!

6. O Nexxus (Método de Sonhos Lúcidos em 20 Dias), por Giovanna Cóppola

Este livro merece menção honrosa em nossa lista pois se trata de um e-book, um método, desenvolvido por uma entusiasta no estudo de sonhos lúcidos, Giovanna Cóppola. Desde criança, Giovanna sempre gostou de incubar sonhos, mas nessa época não tinha ideia do que estava fazendo. Foi há cerca de 7 anos que ela começou a estudar os sonhos lúcidos com mais afinco.

Ter um sonho lúcido significa ter um sonho no qual você sabe que está sonhando. Ou seja, você se torna lúcido de sua condição e, com isso, pode explorar o mundo dos sonhos como desejar.

Os sonhos lúcidos são comprovados pela ciência e, há muito tempo, estudos vêm demonstrando seus benefícios e importância para o ser humano. Depois de submeter 85 voluntários a testes ao longo de 2 anos, Giovanna desenvolveu o método mais próximo da perfeição. 82 voluntários conseguiram ter seu primeiro sonho lúcido em até 20 dias, o que significa uma taxa de sucesso superior a 97%.

O objetivo do e-book é ensinar o leitor a ter sonhos lúcidos. A partir disso, ele pode explorar seu subconsciente e se surpreender com os benefícios da prática. Por isso, merece destaque nessa lista de livros sobre sonhos.

livros sobre sonhos

Categorias
Religião e Espiritualidade

6 bons livros sobre espiritualidade que todos deveriam ler

A espiritualidade é muito confundida com religião, apesar de possuírem termos parecidíssimos, a espiritualidade é um conceito muito mais amplo. Buscar os caminhos da espiritualidade é um processo muito individual e não existem receitas ou fórmulas mágicas para isso. Para te ajudar nesse processo, trouxemos algumas dicas de livros sobre espiritualidade para você conhecer.

Trilhar o caminho da espiritualidade é uma experiência muito individual, pois se torna necessário o descobrimento da própria essência. Como ocorre a ligação com Deus ou a divindade que a pessoa tem fé e qual a melhor maneira de encontrar e buscar a paz.

E quando falamos de espiritualidade, não estamos nos referindo a religião. Por que a pessoa pode ter uma ou não.

Nesse texto, vamos te dar algumas dicas bem legais de livros sobre espiritualidade e como eles podem te ajudar na busca por esse caminho de autoconhecimento, através de ensinamentos práticos para serem implantados no seu dia a dia.

Transformar o conhecimento em prática vai depender única e exclusivamente de você. Comece lendo um livro, depois vá aumentando gradativamente. Não esqueça de fazer anotações quando necessário e repita o processo das práticas quando tiver vontade.

Conheça 6 livros sobre espiritualidade que são excelentes

1 – O livro da gratidão, por Carolina Chagas

Infelizmente, o mundo atual ensina que a felicidade está na conquista desenfreada de coisas materiais. Mesmo que a pessoa consiga o que quer, ela nunca está satisfeita.

E mesmo que a pessoa tenha que enfrentar todos os obstáculos do mundo, ela sempre precisa estar pronta para as novas provas do dia a dia.

A autora do livro traz para o leitor, diversas reflexões e exercícios que desenvolvem e trabalham da melhor maneira, o sentimento de gratidão. Você vai conseguir praticar, o que de fato nascemos para fazer, sem carregar sentimentos negativos ou ruins.

2 – Tudo depende de como você vê as coisas, por Norton Juster

Em um primeiro contato, você pode achar esse livro um pouco infantil, pois a capa é desenhada a mão, mas engana-se quando começa a leitura. A mensagem da história é bem forte e mexe com todos os conceitos que um indivíduo carrega na sua cabeça.

É o típico livro que vai te ensinar como lidar com as adversidades que ocorrem ao longo da vida. Milo é o nome do personagem principal, que se depara com a própria figura, pequena e vazia. Sem dúvidas a história vai tocar o seu coração e fará você enxergar os acontecimentos da vida de uma outra maneira.

3 – O Pequeno Príncipe, por Antoine de Saint-Exupéry

Se você está buscando indicações de livros sobre espiritualidade, esse é um dos que você precisa ler urgentemente. E não pense que é um livro para crianças. Esse livro é sem dúvidas, para todas as idades.

A sabedoria que esse romance disfarçado de história infantil traz é muito mais valioso do que tantos outros juntos. Quem leu esse livro, jamais esqueceu sua mensagem. Então, não perca mais tempo e aproveite a leitura.

livros sobre espiritualidade

4 – As coisas que você só vê quando desacelera, por Haemin Sunim

A correria do dia a dia contribui para que o indivíduo não tenha tempo para absolutamente nada. Isso se reflete infelizmente na sua vida pessoal, fazendo com que não sobre tempo para o desenvolvimento da espiritualidade e mente, por exemplo.

Haemin Sunim é sul-coreano e mestre zen-budista. Seu livro foi escrito com a intenção de acalmar e tranquilizar as mentes das pessoas que estão em busca da paz e do autoconhecimento.

Nesse livro, ele buscou de maneira bem delicada mostrar como as emoções sejam elas no âmbito profissional, pessoal, espiritual, etc, podem ser entendidos através da atenção plena. Inclusive, entendendo esses sentimentos fica mais fácil saber o que acontece dentro da alma.

A maneira como a pessoa olha o mundo ao seu redor, reflete exatamente como a sua mente está pensando nesse exato momento. Sendo assim, o mundo nada mais é do que o espelho dos seus pensamentos.

5 – As sete leis espirituais do sucesso, por Deepak Chopra

Nos tempos atuais, as definições de sucesso estão atreladas principalmente à realização financeira e material. Ou seja, para um indivíduo ser classificado com sucesso, ele precisa ter uma boa casa, um bom emprego, um bom carro, dinheiro na conta, etc.

Essa obra escrita por Deepak Chopra é um dos livros sobre espiritualidade mais incríveis que existe com essa temática. Sem dúvidas, deve ser lido por quem está na busca do autoconhecimento e das questões espirituais.

O autor nesse livro, consegue elevar de uma maneira mais plena essas ideias simplistas sobre o que é espiritualidade e felicidade. Isso tudo vem acompanhado da verdadeira compreensão do que realmente é necessário para se viver com plenitude.

O sucesso desse livro é tão grande, que já ficou mais de 60 semanas dos mais vendidos dos Estados Unidos.

O leitor consegue absorver de maneira prática e totalmente compreensível os sete princípios básicos que permitem o abandono de qualquer percepção equivocada e simplista em relação ao que é sucesso, atingindo-o assim com mais plenitude.

A mensagem principal do autor é que enquanto o ser humano entregar a sua felicidade às conquistas materiais, ele nunca se sentirá realizado de verdade.

6 – Transformando o sofrimento em alegria, por Sri Prem Baba

Nesse livro, Sri Prem Baba busca mostrar para o leitor com muita sabedoria, qual o caminho certo para construir uma vida plena espiritualmente, através do amor.

Aliás, o amor é o seu principal ingrediente para a conquista de absolutamente tudo na vida.

Para o autor, podemos compreender a escuridão como simplesmente a falta de luz e o mal como simplesmente a falta do amor. O método desenvolvido por ele e apresentado nesse livro, chama-se “Caminho do Coração”, no qual ensina o leitor a caminhar do medo para o amor.

O método foi totalmente derivado da sua busca pessoal e ele contém os ensinamentos da psicologia ocidental integrados com a espiritualidade oriental. Incluindo práticas de yoga, meditação e a exploração intensa das “sombras” que Jung denominou como sendo os impulsos que o ser humano nega.

Sem dúvidas, esse é um dos livros sobre espiritualidade que deve ser lido por quem está começando a trilhar esse caminho de autoconhecimento e espiritualidade.

Categorias
Religião e Espiritualidade

5 livros sobre budismo que você vai amar ler

Foi por causa dos ensinamentos de Buda que o budismo existe. Essa filosofia para alguns e religião para outros possui aproximadamente 2.500 anos. Seu principal papel é a de condicionar a mente, levando-a para o estado de paz, alegria e outros sentimentos positivos e libertadores. Para te ajudar a conhecer melhor sobre esses ensinamentos, listamos a seguir alguns livros sobre budismo que você deveria ler, com certeza.

O que é o budismo?

O budismo é uma religião ou filosofia antiga que tem aproximadamente 2.500 anos, cujos ensinamentos foram baseados em Buda.

Sua principal função na vida dos adeptos é a de promover a serenidade, libertando a mente de qualquer pensamento limitante. É o espírito do homem que é trabalhado, pois dessa maneira entende-se que o seu corpo se tornará saudável.

Foram os imigrantes japoneses que trouxeram o budismo para o Brasil, no começo do século XX. No início da sua chegada, o budismo tinha como objetivo o de apenas atender as necessidades dos japoneses que já se encontravam aqui. Mas, como as informações se disseminam com facilidade, esses ensinamentos budistas acabaram caindo no gosto dos brasileiros.

Hoje em dia, acredita-se que existam mais de 200.000 brasileiros budistas no país.

Aproximadamente existem na cidade de São Paulo, cerca de 240 templos budistas, no país são mais de 103 escolas. Além disso, é comum as reuniões feitas nas casas dos adeptos. Isso permite que os ensinamentos sejam transmitidos sem a necessidade de um templo para a realização dos cultos e cerimônias.

Os livros sobre budismo são ótimos para quem quer conhecer melhor os ensinamentos. A seguir você confere as nossas melhores indicações.

5 melhores livros sobre budismo

1 – Resgate emocional, por Dzogchen Ponlop Rinpoche

Através da intimidade com as próprias emoções, o professor budista mais aclamado dos últimos tempos ensina como se libertar de uma vez da posição de vítima na vida.

As emoções que vivenciamos ao longo da vida nos trazem muitas vezes desilusões e desespero, como também cor e aprendizado. Podemos comparar essas vivências a uma montanha russa.

Dessa maneira, quando aprendemos a lidar com as emoções ao longo da vida, nos tornamos mais hábeis. Os principais benefícios sentidos são o de poder usufruir das riquezas e sabedorias de cada aprendizado, sem que as emoções possam nos controlar.

2 – 108 contos e parábolas orientais, por Monja Coen

Monja Coen é uma das figuras mais populares no país quando o assunto é o Zen Budismo. No livro 108 contos e parábolas orientais, a monja traz ao leitor uma provocação e um anseio ao mesmo tempo em fazê-lo buscar um encontro mais profundo com o seu próprio eu.

Os pequenos textos escritos no livro, são retratos fiéis de histórias verídicas na vida de monásticos e praticantes ao redor do mundo. Essas passagens são chamadas de Coans.

Segundo Monja Coen, essas porções de sabedoria podem ser aplicadas na vida cotidiana das pessoas, sendo elas budistas ou não. Esses ensinamentos trazem entendimento e ajudam nas respostas sobre os questionamentos da vida atual e moderna.

É possível através dessa leitura, entender o que é o budismo, o que é o carma segundo o budismo, como se conectar com o tempo presente e praticar as ações de atenção plena, entre outras sabedorias. De todos os livros sobre budismo que existem, essa é uma excelente opção de leitura.

Livros sobre Budismo

3 – No coração da vida, por Jetsunma Tenzin Palmo

Jetsunma, neste livro, apresenta de maneira bem simples, diversos conceitos sofisticados da doutrina de Buda. A intenção da autora desde a primeira página é de mostrar como esses conceitos podem ser aplicados na vida, no dia a dia.

Responsável por um mosteiro totalmente feminino localizado na Índia, Jetsunma é uma professora pertencente a linhagem Drukpa. Passou 12 anos da sua vida em um retiro dentro de uma caverna no Himalaia. Atualmente é professora e também condutora de retiros por todo mundo.

4 – Por que o budismo funciona, por Robert Wright

Robert Wright é um dos escritores mais brilhantes dos EUA e essa obra que ele escreveu é um dos livros sobre budismo mais legais que existem.

Neste livro o autor apresenta uma jornada bem interessante com pontos de vista da psicologia, meditação e filosofia, afim de mostrar como o budismo pode ser a chave para a felicidade duradoura.

A filosofia budista basicamente afirma que o sofrimento que o ser humano carrega é o responsável pelo surgimento do sofrimento nas outras pessoas, simplesmente porque ele não vê o mundo como ele realmente é.

A meditação entra nessa filosofia como sendo o momento de maior clareza para mente. Isso significa que ela contribui para que o indivíduo consiga atingir a profunda satisfação na vida.

Quando falamos dos livros sobre budismo que são mais importantes, esse sem dúvidas entra na lista. A revista “The New Yorker” o classificou como sublime. Para o autor, se um indivíduo seguir à risca todos os ensinamentos, alguns incômodos como ansiedade, raiva e ódio podem simplesmente desaparecer. Tornando a pessoa muito mais amorosa e apreciadora das belezas do mundo.

Essas mudanças são evidenciadas pelo autor que destaca as últimas descobertas que a Neurociência e a Psicologia fizeram a respeito dessa transformação.

A elegância e a sagacidade do autor ficam bem evidentes na maneira como escreve seus capítulos. Ele ensina de maneira fácil, como alicerçar a vida espiritual num mundo tão tecnológico e recheado de conflitos sociais. É totalmente possível salvar nós mesmos como indivíduos e espécie.

5 – Cérebro e meditação, por Matthieu Ricard e Wolf Singer

Cientistas consideram Matthieu Ricard como sendo o homem mais feliz do mundo. Esse título foi ganho graças a uma análise feita de suas estruturas cerebrais. Matthieu é um monge budista há mais de 40 anos e se aliou a Wolf Singer para escrever essa obra. Wolf Singer é um dos neurocientistas mais famosos e importantes do mundo.

Neste livro, os dois autores se juntam para desbravar como a mente de fato funciona. Foram 8 longos anos debatendo sobre questões importantes a respeito do budismo e da meditação.

Esse é um dos livros sobre budismo mais interessantes em termos de troca entre a ciência e os conhecimentos milenares do budismo e da meditação.