Categorias
Literatura e Ficção

8 melhores livros de Machado de Assis

Muito se fala sobre Machado de Assis, mas poucos conhecem de fato esse que é o maior ficcionista do Brasil. A seguir, você confere uma introdução ao autor e é apresentado a uma lista com suas obras mais notáveis. Conheça os melhores livros de Machado de Assis!

Quem foi Machado de Assis?

Joaquim Maria Machado de Assis, muitas vezes conhecido por seu sobrenome Machado de Assis, foi um pioneiro brasileiro romancista, poeta, dramaturgo e contista. Nascido em 21 de junho de 1839, é amplamente considerado o maior escritor da literatura brasileira.

Em 1897, fundou e tornou-se o primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras. Ele era multilíngue, tendo aprendido francês, inglês, alemão e grego posteriormente. Sem dúvida, as obras de Machado tiveram grande influência nas escolas literárias brasileiras do final do século XIX e início do século XX.

Em 1941, a Academia Brasileira de Letras fundou em sua homenagem o Prêmio Machado de Assis, o prêmio literário de maior prestígio do país. Por sua inovação e audácia em temas iniciais, Assis é frequentemente visto como um escritor de produção sem precedentes, sendo conhecido por sua ironia e amplo vocabulário.

Entre suas obras mais famosas estão Dom Casmurro (1899), Memórias Póstumas de Brás Cubas e Quincas Borba. Além disso, Machado de Assis também foi incluído na lista do crítico literário americano Harold Bloom dos 100 maiores gênios da literatura.

Melhores livros de Machado de Assis

A maioria dos países tem um escritor como Machado de Assis: a eminência barbada cujo rosto adorna selos postais e cujo nome dignifica avenidas, e cujas obras completas ficam, imperturbáveis, nas estantes dos avós. Como ninguém pode se formar no ensino médio sem fingir ter conhecimento de seu trabalho, muitas pessoas o leram muito jovens.

Joaquim Maria Machado de Assis, cavaleiro da Ordem Imperial da Rosa, fundador da Academia Brasileira de Letras, é embaixador do Brasil na sociedade internacional de escritores oficiais.

Machado “tinha meia dúzia de gestos, hábitos e frases de efeito”, escreveu uma das primeiras biógrafa, Lúcia Miguel Pereira, em 1936. O autor evitou a política e era considerado um marido ideal. De fato, Machado de Assis passou seu tempo livre na livrari e, ao fundar a Academia de Letras, trouxe uma estrutura administrativa para a literatura.

Por essa razão, você conhece a seguir os 8 livros obrigatórios do que é considerado o maior autor brasileiro!

Os 8 livros necessários de Machado de Assis

1. Dom Casmurro

Sem dúvida, Dom Casmurro é um dos romances brasileiros mais famosos de todos os tempos. Afinal de contas, o romance conta com o protagonismo mais do que famoso de Capitu e Bentinho, o par central que gera tanta controvérsia na cultura do Brasil.

Isto é, o caso narrativo de maior discussão literária do país, a suposta traição de Capitu. Afinal, Bentinho foi ou não foi traído por Capitu?

2. Memórias Póstumas de Brás Cubas

Com esse, que é um dos melhores livros de Machado de Assis, o autor começou sua fase de maior plenitude como romancista. De fato, o livro não difere da temática dos anteriores, sendo um retrato do cenário carioca de uma burguesia rica repleta de anseios de nobreza.

No entanto, esse é um livro notável mente mais maduro, sensivelmente falando, no qual o autor adquire um apuro técnico e uma precisão linguística incomparáveis.

melhores livros de Machado de Assis

3. Helena

O amor intenso entre Helena e Estácio é reprimido pelas injunções e preconceitos familiares. Sem dúvida, este é um dos melhores livros de Machado de Assis por tratar de um romance que foge completamente dos padrões compreendidos como românticos.

4. Quincas Borba

Se a alienação é uma característica moderna, o livro Quincas Borba de Machado de Assis é um romance para lá de moderno e satírico. A história da obra conta em terceira pessoa sobre como Rubião, personagem do livro, se aliena de sua própria vida, tendo em Quincas Borba, seu amigo, o verdadeiro alienado, uma sombra. Sem dúvida, uma obra que vale a pena ser conhecida .

5. Ressurreição

Essa publicação, originalmente lançado em 1872, foi o primeiro dos romances do autor Machado de Assis. Embora seja pertencente a fase mais romântica do escritor, essa obra é uma ruptura das características da respectiva escola literária.

Afinal de contas, é caracterizada pela ênfase nas descrições da natureza e do ideal nacionalista. A obra narra a história de um médico de 36 anos chamado Félix, que, por sua vez, se apaixona pela irmã de seu amigo, de nome Lívia. O romance, no entanto, é constantemente abalado pelas crises de ciúmes do amante.

6. A Mão e a Luva

A Mão e a Luva foi inicialmente publicado no formato de folhetim, saindo em livro pela primeira vez no ano de 1874. Nessa obra, Machado de Assis apresenta uma de suas mais românticas tramas aos seus leitores. Guiomar, uma moça de infância pobre, posteriormente adotada por sua madrinha rica, deve decidir com qual dos três pretendentes ficar.

A dúvida narrada no livro envolve um permanente conflito entre razão e emoção, no qual o futuro de uma mulher decidida e forte está em jogo. O autor usa das reflexões de Guiomar para construção de um genial perfil pertinente a toda a alta sociedade, na qual ingênuos e sonhadores não encontram espaço. Assim, sendo considerado um dos melhores livros de Machado de Assis de todos os tempos.

7. Histórias da Meia-Noite

De fato, o livro Histórias da Meia-Noite é conhecido por revelar retratos fascinantes que se concentram nas decepções, alegrias, tormentos e sucessos de seus personagens. Um livro indicado para todos os gostos devido aos seus predicados tão únicos quanto abrangentes.

8. Esaú e Jacó

Esaú e Jacó, de Machado de Assis, narra a história de uma dupla de gêmeos da alta burguesia carioca que são separados pelas diferenças e pela inimizade desde a primeira infância. Um deles, chamado Pedro, é um rapaz cauteloso e dissimulado, enquanto seu irmão gêmeo, Paulo, é a sua contraparte impetuosa e arrojada.

O que eles têm em comum? Ambos estão apaixonados pela mesma mulher, a inexplicável Flora. Esse é um dos melhores livros de Machado de Assis, pois não trata apenas de um romance, mas de um retrato do cenário político da época. Afinal de contas, a narrativa é ambientada nas vésperas da Proclamação da República. Assim, o autor, por intermédio das desventuras e dos embates dos irmãos republicanos e monarquistas, pinta o melancólico e hilariante retrato da alma e da política brasileira.

Categorias
Curiosidades

8 melhores livros da Agatha Christie

O impacto dos melhores livros da Agatha Christie na literatura não pode ser ignorado. De fato, seus livros, contos e peças de teatro são essenciais para o gênero de suspense e continuam a intrigar os leitores em todo o mundo.

No entanto, o tamanho exagerado de seu catálogo pode ser intimidador para os leitores iniciantes, ou mesmo para os leitores da terceira, quinta ou oitava vez – afinal de contas, ela escreveu 66 romances. Então, assumimos o caso e montamos uma lista dos melhores livros da Agatha Christie.

Os melhores livros da Agatha Christie

Agatha Christie era uma mulher tímida e despretensiosa que provavelmente continua sendo a romancista mais vendida de todos os tempos. Se você é um veterano leitor de romances clássicos de mistério ou procura o livro perfeito para iniciar no gênero, saiba que nenhuma lista de leitura estaria completa sem um punhado de romances de Agatha Christie.

Como uma das autoras mais vendidas de todos os tempos, Agatha Christie compôs nada menos que 66 romances policiais e 14 coleções de contos ao longo de sua vida. Destes, vários títulos foram transformados em filmes, peças teatrais e séries de televisão, mas nada captura o talento de Christie para o mistério e o suspense como os próprios romances.

Embora seja quase impossível escolher um favorito, tomamos a liberdade de selecionar os 8 dos melhores livros da Agatha Christie (em nenhuma ordem específica) para adicionar à sua lista de leitura.

Aqui estão nossas escolhas para os melhores livros da Agatha Christie para qualquer fã de mistério.

Os 8 livros imperdíveis da Agatha Christie

1. Assassinato no Expresso do Oriente

Os assassinatos de Agatha Christie estão sempre acontecendo em espaços confinados, mas isso é apenas porque ela sabia, assim como qualquer escritor que já viveu, que claustrofobia e uma pequena lista de suspeitos são ingredientes essenciais para uma história de mistério envolvente.

E se deve haver um espaço confinado, por que não fazê-lo em grande estilo? As vítimas fictícias de Christie geralmente caíam em ilhas isoladas e barcos de passeio. Em Assassinato no Expresso do Oriente, por exemplo, a história se passa em um famoso trem da vida real. Talvez o mais icônico de seus trabalhos, nenhuma lista dos melhores livros de Agatha Christie estaria completa sem essa obra.

De fato, este romance de mistério é uma leitura obrigatória, sendo adaptada para um filme estrelado por Johnny Depp em 2017. A história segue um dos detetives mais queridos de Agatha Christie, Hercule Poirot, enquanto ele investiga um crime entre um elenco internacional de suspeitos a bordo do glamouroso trem Expresso do Oriente.

2. O Assassinato de Roger Ackroyd

Outro livro essencial de Agatha Christie, estrelado por Hercule Poirot, é O Assassinato de Roger Ackroyd, uma história de detetive requintadamente escrita que inspirou gerações de autores de crimes e mistérios. Sem dúvida, este livro tem uma reviravolta surpresa que até os mais espertos caçadores de mistérios acharão difícil de prever.

3. Noite Sem Fim

De fato, os leitores podem ler os romances de mistério de Agatha Christie por anos e ainda encontrar novos detalhes deliciosos. Noite Sem Fim, por exemplo, marca um ponco de partida do estilo de “assinatura do mestre”. Supostamente um dos favoritos de Christie, esse mistério independente mantém o suspense de uma maneira acima e além do típico romance de Christie.

Noite Sem Fim é mais horror gótico do que mistério, mas ainda é essencialmente Agatha Christie. Para aqueles que são conhecedores dos romances antigos de Christie, Noite Sem Fim é sem dúvida um dos melhores entre seus trabalhos posteriores. Assustadora e complexa, esta fascinante história é uma evidência poderosa de que a autora tinha uma profunda imaginação.

melhores livros da Agatha Christie

4. E Não Sobrou Nenhum

A inspiração para inúmeros escritores e cineastas E Não Sobrou Nenhum é praticamente a história original de férias que deram horrivelmente erradas. Misturando elementos de mistério, suspense e horror, este romance perfeitamente ritmado segue um grupo de personagens.

De fato, este é um dos melhores livros da Agatha Christie, sendo realmente fascinante até a última página. Afinal de contas, você provavelmente nunca vai adivinhar quem está por trás de tudo.

5. Perigo na Casa do Fundo

De fato, é difícil imaginar uma introdução melhor ao gênero de Christie do que Perigo na Casa do Fundo. Afinal de contas, o livro é repleto de glamour, suspense e uma série de pistas habilmente tramadas.

Perigo na Casa do Fundo começa com um assassinato durante uma festa à noite. Este é de longe um dos melhores trabalhos de Agatha Christie para os fãs de romances clássicos de mistério.

6. Os Crimes ABC

Basicamente, todo romance de serial killer e série de TV sobre mistério de assassinato podem traçar sua linhagem até Os Crimes ABC. Em suma, a história segue uma série de assassinatos aparentemente aleatórios (embora conectados em segredo) com vítimas cujos nomes começam com cada letra do alfabeto.

7. A Morte Não É o Fim

Nenhuma formação dos melhores livros da Agatha Christie estaria completa sem A Morte Não É o Fim, um surpreendente romance de mistério histórico que se destaca entre as obras de Christie. A história se passa no Egito Antigo e foi inspirada pelas visitas de Christie à região com seu marido arqueólogo.

A Morte Não É o Fim é um ponto básico do começo dos romances de Agatha Christie. Desta vez, porém, seu romance começa com um reaparecimento: um pai egípcio retorna à sua família, embora com uma nova concubina a tiracolo. De fato, a parte da concubina faz um pouco mais de sentido quando você considera que esse romance se passa no Egito Antigo.

Essa é uma escolha incomum para Christie, pois é o fato de que não há personagens europeus neste livro. Tudo isso cria uma visão única e refrescante do formato de suspense da marca registrada de Christie.

8. Morte no Nilo

Se você ainda não leu, leia este livro antes de ele se tornar um filme em 2020. Este romance leva Hercule Poirot ao Egito, onde um cruzeiro ao longo do Nilo é interrompido quando se descobre que uma mulher jovem, elegante e bonita foi baleada na cabeça.

O mistério é ainda mais fascinante nesse cenário exótico, configurando um dos melhores livros da Agatha Christie.

Categorias
Curiosidades

10 melhores livros do Stephen King para ler antes de morrer

Hoje é dia de boa literatura. Vamos listar os 10 melhores livros do Stephen King!

Se tivéssemos que escolher 20, 30, daria para fazer. Esse é um dos grandes diferenciais do “mestre do horror” em comparação a tantos outros bons escritores que a história teve o prazer de contemplar.

Continue a leitura para conferir os 10 melhores livros do Stephen King.

Os 10 melhores livros do Stephen King

1. Os olhos do dragão (1984)

Comecemos com esta lista de melhores livros do Stephen King com uma escolha não muito óbvia.

King se aventurando na fantasia, fazendo uma releitura de um clássico conto de fadas para tentar desperta atenção de sua filha, então com 13 anos, que declarara que não tinha “o menor interesse em vampiros, demônios e coisas que ficam se arrastando”.

Essa estória do mago da corte de Delain, Flagg, que elabora um plano para matar um rei decrépito e incriminar o herdeiro direto do trono, aprisionando-o dentro de um obelisco, é agradável devido à fluidez da narrativa, arquitetura simples do roteiro que define de forma equilibrada o papel de cada personagem que, juntos, formam uma engrenagem eficiente, exitosa em manter o interesse e o consumo de páginas em um fôlego só.

Geralmente estórias de fantasia inclinam-se para relatos mais densos, mais complexos, com uma infinidade de personagens. Essa não. Mantém a objetividade, fluidez de um conto de fada, mas sem ser infantil.

Acho interessante colocar um livro do gênero entre os melhores livros do Stephen King para lembrar que o “mestre do horror” não se reduz ao estilo que o tornou célebre. Ele manda bem em outros tipos de gêneros também.

2. Carrie, a estranha (1974)

Impressiona como esse livro consegue, em apenas 164 páginas, construir personagens, situações e conflitos tão bem trabalhados e envolventes e jogar o leitor de cabeça no pequeno universo arquitetado. A imersão se deve à sacada de narrar os eventos por meio de notícias de jornais, matérias, revistas, arquivos da polícia. King esbanjando vigor criativo.

Detalhe de Carrie, a estranha é que se trata de uma obra fundamental para a carreira do escritor. Foi o seu primeiro trabalho publicado e que quase o fez desistir de escrever após inúmeras rejeições de editoras.

A obra narra a estória de Carrie, uma adolescente atormentada por guardar um segredo incomum: manifesta, conforme as suas emoções, poderes sobrenaturais que afetam objetos próximos. Por isso, é impedida pela mãe de viver como as garotas de sua idade e vira alvo de perseguição de colegas e professores. Humilhada, planeja uma vingança inesquecível.

3. À espera de um milagre (1996)

Esse livro talvez seja um dos que melhor exploram a habilidade do mestre King em abordar vários gêneros dentro de uma mesma obra – humor negro, fantasia, sentimentalismo, violência – e ainda ser extremamente bem sucedido em construir personagens cativantes.

Pudera, requisito indispensável para gerar ternura ao descrever a relação de um carcereiro da penitenciária de Cold Mountain com prisioneiros no “corredor verde”, corredor da morte, especialmente com o gigante assassino John Coffey, o qual aparenta contar com poderes místicos.

King consegue a proeza de fazer com que um rato, Sr. Guizo, tenha um papel relevante (bem maior do que no filme, mas compreensível, afinal, a dificuldade imposta pelo formato é evidente).

E por falar em formato, claramente o livro leva vantagem em relação à telona por ter mais  condições de fornecer densidade de relatos, interações, o que sempre colabora para a construção do envolvimento do leitor com os personagens.

4. A metade negra (1989)

Entra na lista dos melhores livros do Stephen King por ser um dos trabalhos que mais se aprofundam na psique do personagem central, dissecando o seu modo de agir e pensar com tamanha profusão de detalhes que certamente causa identificação em qualquer pessoa com hábitos e gostos parecidos que em algum momento já tenha se envolvido com projetos, processos de criação.

A escalada da tensão é perceptível a cada virada de página, o que torna A metade negra um ótimo livro de suspense.

O volume conta a estória de um escritor de violentos livros criminais que decide se livrar do pseudônimo literário que utiliza para assinar suas obras com um enterro simbólico.

O que ele não podia esperar é que seu alter ego reapareceria em carne e osso revelando-se como o seu lado negro – e sedento por vingança.

5. O iluminado (1977)

Poucas experiências são tão marcantes na literatura do que perceber a loucura introduzindo-se paulatinamente (entendeu, Nicholson?) ao folhear de cada página.

Ser capaz de transformar objetos inanimados em personagem com vida própria e personalidade é para poucos.

Genial.

Sem dúvida, um dos melhores livros do Stephen King.

Quando Jack Torrance consegue um emprego de zelador em um velho hotel, tudo indica que seus principais problemas cessariam. Porém, o local demonstra-se um território dominado por forças malignas.

melhores livros do Stephen King

6. It – a coisa (1986)

Obra que se tornou pop novamente com a bem-sucedida adaptação recente para o cinema e por ter méritos óbvios.

Mais do que uma estória de terror, é uma estória envolvente, fluída, com personagens bem trabalhados e o mesmo quanto a estrutura narrativa, que transita entre passado e presente, jovem, adulto, mas sem causar confusão. Timing perfeito.

Novamente, a profusão de detalhes se destaca no papel de tornar o absurdo, o sobrenatural, crível.

Não poderia ficar de fora da lista dos melhores livros do Stephen King.

Aproveita e se liga na sinopse: sete adultos voltam à terra natal, em Maine, 30 anos depois de enfrentarem uma temível entidade sobrenatural que deixou marcas terríveis na cidade. Eles voltam para cumprir um pacto de sangue que fizeram quando crianças para combater o retorno do ser malévolo – que reúne forças para assombrar novamente o local.

7. Sob a redoma (2009)

Aprendi ainda no ensino médio por uma excelente professora de português que o segredo para ler os clássicos de nossa literatura é tolerar as 60 primeiras páginas, porque todo começo é meio arrastado, prepara demais o terreno com minuciosas descrições (O guarani que o diga), mas depois a estória pega no tranco e você não consegue larga mais.

Com Sob a redoma, essa “lei” deve ser aplicada, porém, a tolerância tem que ser maior: 200 páginas. O livro tem 960, então… Compensa. E como compensa o sacrifício!

Depois de todas as peças alinhadas no tabuleiro, meu amigo, é uma reta a 300 km/h até o fim, sem pit stop.

A sinopse é a seguinte: um campo de força se materializa subitamente em uma cidade do Maine, isolando os seus cidadãos do resto do mundo. O livro se debruça sobre a reação dos moradores ante ao acontecimento peculiar, os conflitos, os questionamentos, a luta pela sobrevivência.

Vale lembrar que essa obra também foi adaptada para a TV em formato de série. Foram 39 episódios divididos em 3 temporadas. Under the dome foi originalmente transmitida pela CBS.

8. Saco de ossos (1998)

Um escritor amargurado pela morte da esposa vive uma rotina de pesadelos e crise de criatividade. Decide retornar à cidade onde passou momentos felizes com a falecida esposa.

Mas a cidade está mudada e a mercê de um poderoso homem cruel capaz de tudo para arrancar a neta da guarda de sua jovem mãe viúva.

É neste local que Mike Noonan volta a escrever e vive a tormenta de pesadelos cada vez mais assustadores.

É um dos melhores livros do Stephen King por reunir todas as virtudes que lhe são características: ritmo, construção de personagens, estória envolvente – e um final espetacular.

9. A zona morta (1979)

Um simplório professor secundário acorda de um coma de cinco anos com uma deformação cerebral, nomeada pelos médicos como “zona morta”, que o impede de reconhecer determinados objetos.

Contudo, essa região afetada o dota de capacidades únicas como prever o futuro, poder que se torna um fardo ao conhecer um inescrupuloso político que o faz ter o vislumbre de um futuro terrível onde os Estados Unidos mergulham em uma guerra nuclear e sob o comando do cidadão que acabara de conhecer.

Qual postura adotar?

Sofrer as consequências em silêncio ou decidir por uma medida drástica?

Destaco desse livro a criatividade de sua premissa, o conceito da “zona morta”, a singularidade do problema do protagonista que não consegue identificar certos objetos e por seguir pelo caminho menos óbvio.

Não é uma obra de ação, trata de questões políticas e relações familiares. E tem um final emocionante. Um dos melhores livros do Stephen King, sem dúvidas.

10. Quatro estações (1982)

Novamente King saindo da zona de conforto com quatro contos que tratam de temas que levam à reflexão, despertam sentimentos de nostalgia, empatia, desespero.

Não são propriamente de terror e horror, apesar de terem umas pitadinhas do gênero.

Os três primeiros contos foram adaptados para o cinema: O aprendiz (Verão da corrupção, no livro), Conta comigo (Outono da inocência, no livroUm sonho de liberdade (A primavera eterna, no livro). Não precisa escrever mais nada.

O último conto, Inverno no clube, é tão bom quanto os outros.

Considerações finais

O que você achou dessa seleção de 10 melhores livros do Stephen King? Quais deles você já leu? Conte para nós nos comentários!

Categorias
Curiosidades

Onde encontrar livros em PDF gratuitos sem ferrar a vida dos autores

Não era bem um plano ler livros em PDF, mas aí surgiu aquele trabalho de escola pedindo a leitura de um livro que não te atraiu nenhum pouco.

Pior: não achou resumo na internet, ou seja, aparentemente não foi só você que não foi com a cara dele. Então, você pensou: “Vou ter que gastar uma grana para comprar uma obra que vai me fazer sangrar os olhos de tão chata? Deixa eu ver esse negócio de livros em PDF…”

Você sabe que isso não é bacana, certo? Isso ferra a vida do autor. Principalmente o autor brasileiro.

Porém, há meios de você obter livros em PDF sem necessariamente ferrar a vida do pobre coitado do escritor, seja ele brasileiro ou não.

Há livros que são de domínio público, que bibliotecas públicas deixam à disposição das pessoas para serem baixados gratuitamente. Revistas, eletrônicas ou não, também adquiriram hábito de liberar livros inteiros digitais sem custo algum. Até empresas com objetivos promocionais, de marketing, às vezes fazem isso.

O livro que você está procurando pode estar lá, dando sopa, de graça, e você aqui procurando sobre livros em PDF “piratões”.

Se a obra que procura saiu da lousa do seu professor, é bem provável que não seja a publicação mais recente do mundo. Deve ser um clássico, uma obra com várias edições, que já passou na mão de várias editoras, já deve ter estrada considerável se foi parar no radar da academia.

É grande a chance de estar no bolo de obras de domínio público disponíveis em forma de livros em PDF ou outro formato digital gratuito.

Onde procurar por livros digitais gratuitos sem ficar com a consciência pesada?

Livros em PDF na Cultura Acadêmica

A Cultura Acadêmica faz parte da Universidade Estadual Paulista (UNESP) e deixa à disposição da galera dezenas de obras acadêmicas para download gratuito. Precisa ser aluno da universidade? Não. Precisa enviar alguma documentação para um espaço físico? Não.

A única coisa que precisa é fazer um cadastro rápido no site para que eles possam pegar o teu e-mail e encher a tua caixa de mensagens com… mensagens. Provavelmente com o objetivo de arrancar dinheiro seu de outra forma.

Mas algo que virou habitual, convenhamos.

É só dizer não ou ignorar. Um preço baixo a se pagar para ter um livro inteirinho de graça.

Link aqui: Cultura Acadêmica

Livros em PDF de Domínio Público

Esse aqui é bom você correr enquanto ainda dá tempo. Do jeito que o atual governo é avesso à educação e está passando a tesoura em tudo que é lugar, não irá causar espanto que tire do ar essa plataforma de livros em PDF gratuitos.

São 186 mil obras gratuitas. Basta uma busca simples para encontrar os livros que deseja. Há, por exemplo, a obra completa do bruxo do Cosme Velho, Machado de Assis, entre diversos outros escritores.

Link Aqui: Domínio Público

livros em PDF

Livros em PDF na Biblioteca Virtual

Esse nome dá a dica, não é mesmo? E faz realmente jus ao título. Nem precisa baixar livros em PDF nesse caso, pois o acervo fica online no site.

Basta clicar na obra de interesse e começar a ler na própria página. Mais prático, impossível. Claro que irá precisar de conexão com a internet. Se a única coisa que não falta na sua vida é internet, então, vai na fé.

São diversas obras de domínio público e em língua portuguesa. Há até os trabalhos de Santos Dummont para conferir.

Link aqui: Biblioteca Virtual

Livros em PDF na UFRGS

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) também coloca à disposição do público uma série de livros em PDF. Nesse caso, são mais voltados para a turma de Exatas, livros direcionados tanto para professores como para alunos.

Um dos livros, por exemplo, é “Matemática, Mídias Digitais e Didática: tripé para a formação do professor de Matemática”.

Link aqui: UFRGS

Livros em PDF na Virtual Books

Se procura livros em PDF em vários idiomas e livros infanto-juvenis, a Virtual Books será uma boa opção para você.

São obras disponíveis em alemão, francês, inglês, espanhol, italiano e claro que não fica de fora a língua de Camões e Fernando Pessoa. Inclusive, no site, há obras desses dois gênios das letras.

Você pode encontrar as obras fazendo uma busca simples digitando o nome do livro ou conferir por sessões separadas por idiomas. Essas sessões listam as obras por ordem alfabética. Basta clicar para receber em sua tela o livro em formato PDF para ler online ou baixar direto no seu dispositivo móvel ou no PC.

Link aqui: Virtual Books

Livros em PDF no Sistema Integrado de Bibliotecas (USP)

Se até agora pensou que será muito difícil encontrar o livro que procura, pois mesmo não sendo um livro contemporâneo é difícil de encontrar por ser raro, pode se surpreender com essa dica.

O Sistema Integrado de Bibliotecas da Universidade de São Paulo (USP) tem um acervo de livros em PDF gratuitos voltado para obras raras.

Não só obras raras, mas documentos históricos também. Sabe aquele texto de agronomia do século XIX que você tem certeza que não vai encontrar na Saraiva, no Submarino ou outra varejista de livros? Nessa biblioteca virtual da USP, tem grande chance de encontrar, meu amigo.

Link aqui: Sistema Integrado de Bibliotecas da Universidade de São Paulo (USP)

Livros em PDF no Free E-books

Aqui você encontra não só livros em PDF como também em e-pub, txt e outros formatos. É uma excelente opção para quem está a fim de leituras mais contemporâneas que explorem o mercado emergente de escritores, que fujam um pouco do mainstream.

São livros de ficção, mistério, aventura, romance, não ficção, acadêmicos, autoajuda e muito mais.

Enfim, opções não faltam. Pode ler no seu celular, PC ou Kindle. Tudo rápido e fácil. E se você tiver um livro na gaveta e quiser publicar na plataforma, você pode fazer também.

Link aqui: Free E-books

Livros em PDF na Biblioteca Digital Mundial da UNESCO

Seguindo com a lista de livros em PDF gratuitos, a UNESCO também disponibiliza um endereço eletrônico para que usuários do mundo inteiro possam ter acesso aos mais diversos tipos de obras.

O acervo conta não só com boa quantidade de livros, mas também documentos raros, mapas, gravuras, um portfólio bem variado.

O procedimento é bem simples. Basta buscar pelo livro desejado ou procurar por temas, clicar na opção de interesse e baixar o arquivo em PDF.

Link aqui: Biblioteca Digital Mundial da UNESCO

Livros em PDF na Biblioteca Digital do Senado Federal

Outro caso que é bom aproveitar enquanto pode. O Senado Federal mantém uma página, uma biblioteca virtual, com e-books gratuitos à serviço da população. Mas qual seria o seu diferencial em relação às demais opções apresentadas até o momento?

Neste acervo, você poderá pesquisar por notícias de jornais e conferir trabalhos publicados pelos senadores, das antigas e do presente, seus trabalhos intelectuais. Essa opção pode ser interessante se sua leitura e seus estudos envolvem Ciências Políticas, História ou áreas relacionadas.

Link aqui: Biblioteca Digital do Senado Federal

Livros em PDF na Biblioteca Digital Camões

Assim como os demais apresentados, tem um grande acervo de e-books de domínio público. Mas essa biblioteca se destaca pela variedade de temas. Há desde trabalhos de Arquitetura como estudos literários, educação, discursos de congressos, cinema, literatura-infantil, revistas, periódicos e muito mais.

Há um farto material e muitos temas, todos disponíveis gratuitamente à espera de um toque de botão. E, o melhor: sem prejudicar o trabalho de ninguém.

Todos os temas citados e mais alguns outros estão separados por sessões para facilitar o acesso. Há também uma lista de livros mais baixados para que possa conferir o que a galera tem mais procurado ultimamente em termos de leitura.

Link aqui: Biblioteca Digital Camões

Considerações finais

Chegamos então à conclusão de que são inúmeras as formas de se obter livros em PDF de forma lícita, sem prejudicar ninguém. Há uma infinidade de possibilidades para conferir antes de partir para o extremo de se obter PDFs piratas.

Categorias
Livros sobre Tecnologia

Conheça 9 bons livros sobre programação

Encontrar bons livros sobre programação pode ser uma tarefa difícil. De fato, é necessário que a matéria seja apresentada de forma didática e dinâmica, além de estar atualizada.

Por isso, separamos os melhores livros sobre o tema. Confira a seguir!

9 livros sobre programação que não deixarão você pegar no sono enquanto lê

É verdade que, mesmo para os amantes de programação, pode ser difícil passar horas lendo livros que não apresentam a matéria de forma interessante. Para estudar o tema de forma eficaz, confira a lista com as melhores obras sobre programação.

1. Introdução à Programação com Python, por Nilo Ney Coutinho Menezes

O primeiro livro sobre programação da nossa lista é indicado para iniciantes em programação. Assim, ele ensina somente os conceitos básicos. Para ajudar na fixação da matéria, cada assunto tem exercícios e exemplos.

Embora o livro aborde a linguagem Python, ele não como objetivo ensiná-la, mas ensinar a programar. Contudo, além da lógica da programação, você poderá explicações sobre características específicas de Python. Então, essa obra oferece uma visão mais ampla de várias linguagens de programação.

2. Como ser um Programador Melhor, por Pete Goodliffe

Por outro lado, se você já é programador e deseja se aperfeiçoar, a obra de Goodliffe poderá te ajudar bastante. O livro mostra um conjunto de técnicas e abordagens para impulsionar sua carreira como programador e melhorar o seu bem-estar.

Com base em seus 15 anos de experiencia em programação, o autor abrange vários aspectos da vida de um desenvolvedor, como lidar com código, conhecer os negócios e melhorara o desempenho.

O livro é dividido em 5 partes independentes que falam sobre técnicas de codificação, práticas, abordagens e atitudes, técnicas para aprender, maneiras práticas de completar tarefas e hábitos para trabalhar bem com outras pessoas.

De fato, ser um bom profissional vai muito além das habilidades teóricas!

3. Código Limpo, por Robert Martin

Outro livro que nos faz avaliar nossos valores profissionais é o “Código Limpo”, de Robert Martin. Nesse livro, o autor e mais quatro colegas se reuniram para compartilhar suas melhores e mais ágeis práticas para limpar códigos.

Neste livro você terá a chance de praticar; já que você lerá muitos códigos e terá de descobrir o que há de errado com eles. Além disso, você precisará reavaliar seus valores profissionais e o seu comprometimento com o trabalho.

Certamente, ao terminar a leitura desse livro você estará apto para distinguir um código bom de um ruim, além de escrever bons códigos e melhorar os ruins. Ademais, ele ensina como criar bons nomes, funções, objetos e classes, formatar um código para melhorar sua legibilidade, bem como implementar completamente o tratamento de erro, e aplicar e desenvolver testes.

Assim, esse livro é excelente para qualquer profissional que tenha interesse em construir códigos melhores!

livros sobre programação

4. Padrões de Projetos, por Erich Gamma, Richard Helm, Ralph Johnson e John Vlissides

Escrito por quatro projetistas renomados, “Padrões de Projetos” descreve o que são padrões e como eles ajudam a projetar um software orientado a objetos. Assim, podemos aprender soluções simples e práticas para os problemas mais comuns na área de projetos.

Com a apresentação de cada padrão, são descritas circunstâncias em que eles podem sem aplicados, bem como as suas consequências. Além disso, todos os padrões mencionados na obra são baseados em exemplos reais.

5. Use a Cabeça! Padrões de Projetos, por Eric Freeman e Elisabeth Freeman

Ainda sobre o tema de padrões de projetos, a série “Use a Cabeça!” tem excelentes livros. A obra de Eric e Elisabeth Freeman explicam de maneira bem didática quais são os padrões que realmente importam, quando, porque e como eles devem ser usados e, mais importante, quando não os usar.

Outro livro sobre programação da série “Use a Cabeça!” que é voltado para que não tem nenhuma experiencia com o assunto. O Use a Cabeça! Programação, por Paul Barry e David Griffiths, ensina os conceitos básico da escrita de programas de computador que se aplicam independente da linguagem de programação usada.

6. Algoritmos E Lógica Da Programação, por Marco A. Furlan de Souza, Marcelo Marques Gomes, Marcio Vieira Soares e Ricardo Concilio

Em contrapartida, se você pretende começar a estudar programação, o livro “Algoritmos e Lógica da Programação” será um grande aliado. Essa obra tem uma linguagem bem simples e didática, tornando o assunto bem prático.

Sabendo quais são as principais dificuldades dos iniciantes, os autores apresentam todos os conceitos por meio de fluxogramas, resolvendo os problemas propostos passo a passo. Assim, o livro ajuda a desenvolver o raciocínio lógico e a abstração de procedimentos e de dados.

7. Algoritmos: Teoria e Prática, por Thomas Cormen

Outra obra clássica sobre o estudo de algoritmos para computadores é a obra de Thomas Cormen. Esse livro foi criado para ser versátil e completo, podendo atender tanto os alunos de graduação como os de pós graduação.

De fato, essa obra é adotada na maioria das universidades e se tornou um padrão de referência para profissionais da área. Em sua edição mais recente, foram incluídos novos capítulos, exercícios e problemas, bem como um estilo de redação mais claro.

8. Fundamentos da Programação de Computadores, por Ana Ascencio e Edilene Campos

Assim como o livro mencionado anteriormente, “Fundamentos da Programação de Computadores” é uma obra renomada no mundo da programação. O livro revisa as classes JAVA e trata de vetores e matrizes dinâmicas, bem como aborda o padrão ANSI para as resoluções em C/C++.

Além disso, para tornar a fixação e compreensão mais eficaz, a obra trás exemplos, problemas e analogias. Decerto, ele pode ser usado por estudantes de diversas áreas que desejam trabalhar com programação!

9. O Programador Pragmático, por David Thomas e Andrew Hunt

Por fim, a obra de David Thomas e Andrew Hunt é destinada a todos os profissionais envolvidos com programação. Esse livro, além de ilustrar as melhores práticas e as armadilhas do desenvolvimento de software, apresenta lições que melhoram a produtividade pessoal, a precisão e a satisfação profissional.

Atualmente, ele só está disponível em inglês na Amazon. Porém, se você entende o idioma, vale a pena investir.

E você, já leu algumas dessas obras? Lembrou de alguns livros sobre programação que não mencionamos? Deixe sua opinião nos comentários.

Categorias
Livros sobre Arte

13 livros sobre história da Arte

Quer você seja um especialista em artes, um estudante ou apenas uma pessoa que quer conhecer mais sobre o assunto, essa lista de livros sobre história da Arte vão mudar a sua percepção sobre o tema.

Os melhores livros sobre história da Arte

Aprender sobre Arte não se trata apenas de ir ao museu, nós podemos obter muito conhecimento sobre a sua história nos livros. Confira a seguir!

1. A arte e seus objetos, por Richard Wollheim

Nesse livro, Wollheim apresenta o seu estudo sobre a arte, mostrado que ela deve ser entendida pelo artista e pelo espectador. Na sua tese, o autor aborda as principais questões sobre o estilo, a expressão, a representação, o significado da intenção do artista e a natureza histórica da arte. Apesar de são um livro exclusivamente sobre história da arte, ele nos ajuda a compreender melhor as obras de arte e o seu papel na nossa cultura e sociedade.

2. A História da Arte, por E. H. Gombrich

Sem dúvida o livro mais famoso sobre o tema é A História da Arte, de Gombrich. De fato, sua popularidade é reflexo da enorme qualidade do seu conteúdo e fluidez da narrativa. O livro abrange um grande período e fala sobre os mais diversos estios de arte. Além disso, o autor aborda sua percepção da psicologia das artes e como ela é capaz de ligar as épocas.

3. A imagem da mulher: um estudo da arte brasileira, por Cristina Costa

Quem conhece pelo menos um pouco sobre arte brasileira, sabe o quanto as mulheres contribuíram para a nossa cultura. Por isso, o livro de Cristina Costa, é dedicado ao resgate das representações femininas, mostrando o seu papel em diversos momentos da história da arte nacional.

4. Arte contemporânea: uma história concisa, por Michael Archer

Esse é um livro sobre história da arte indispensável. Nessa obra, Archer, conta cronologicamente a evolução da arte nos últimos 40 anos. Ele aborda as diversas mudanças e divergências de estilo da arte, bem como a sua relação com a vida cotidiana. Além disso, o livro discute e ilustra o trabalho de diversos artistas mundiais.

5. Arte Moderna no Brasil: Constituição e Desenvolvimento nas Artes Visuais, por Icleia Borsa Cattani

Certamente, o livro de Cattani é uma obra fundamental para quem quer conhecer sobre o Movimento de Arte Moderna no Brasil. A autora abrange o período de 1900 a 1950, e conta de forma detalhada sobre as artes visuais, além de falar sobre a Semana da Arte Moderna de 1922 e seu impacto em todo o Brasil.

Por outro lado, esse livro sobre história da arte merece elogios por apresentar o assunto de forma sucinta e que por ser compreensível por pessoas com todos os níveis de conhecimento.

livros sobre história da Arte

6. Arte Moderna, por Giulio Carlo Argan

Ainda sobre o tema de arte moderna, em seu livro, Argan aponta a arte como sendo um fenômeno histórico, não existindo nenhuma garantia que ela seja eterna. Além disso, ele aborda pontos que podem fazer com que a arte seja um atividade culturalmente relevante, como o surgimento da produção industrial e o desaparecimento do artesanato.

7. Breve história da arte moderna, por Susie Hodge

Por fim, o último livro sobre história da arte moderna dessa lista é o de Susie Hodge. Esse livro é ideal para quem está começando a aprender sobre ao tema, já que a autora aborda de maneira simples o motivo e como a arte moderna foi desenvolvida. Ademais, ela aponta os principais artistas e suas obras mais marcantes. Além disso, o livro é ricamente ilustrado, mostrando as 50 principais obras desde o modernismo até a arte contemporânea e as diferentes técnicas usadas para criá-las.

8. Conceitos fundamentais da História da Arte, por Heinrich Wölfflin

Embora todos os livros dessa lista sejam considerados indispensáveis, a obra de Wölfflin é excepcional. O autor analisa as obras dos mais renomados artistas e mostra a evolução interna dos estilos e define categorias permanentes da arte.

Certamente, esse livro sobre história da arte é um marco!

9. História da Arte, por Graça Proença

Embora essa obra de Proença seja uma ótima leitura para o público em geral, ele é obrigatório para os estudantes de arte. Ela apresenta a história da arte ocidental de maneira a abrangente e didática, abordando desde a pré história até o pós modernismo.

10. História ilustrada da arte, por Ian Chilvers

Enquanto a maioria dos livros citados dão prioridade a explicar a história da arte, o autor Ian Chilvers optou por expor centenas de obras de artes em seu livro, acrescentando um texto esclarecedor. Essa obra leva o leitor a uma viagem, que vai desde as pinturas nas cavernas até os diversos estilos de arte dos nossos dias.

11. Idea – a evolução do conceito de belo, por Erwin Panofsky

Em sua obra, Panofsky, analisa a trajetória da ideia artística, bem como a evolução das antigas teorias da arte. Assim, podemos observar que a arte moderna é resultado da arte contemporânea, e vice e versa.

12. Isso é arte?: 150 anos de arte moderna do impressionismo até hoje, por Will Gompertz

De fato, esse livre é uma das obras com a leitura mais agradável da lista. O autor e editor de arte da BCC, Will Gompertz, nos leva para uma viagem através de mais de 150 anos. Sobretudo, o seu livro conta a história por trás dos movimentos, dos artistas e das suas obras e mostra como a arte ajudou a definir o mundo moderno.

13. Tudo sobre Arte, por Stephan Farthing e Richard Cork

Por fim, esse livro sobre história da arte é um dos mais abrangentes do gênero. Com mais de 1.100 ilustrações de obras de todos os gêneros artísticos, Tudo Sobre Arte, apresenta as imagens mais importantes de todos os tempos organizadas de forma cronológica. Assim, essa obra mostra a evolução artística dos movimentos e estilos!

Gostou das dicas de livros sobre história da arte? Estão comente o que achou e fique ligado nos novos posts da Estante Lotada!

Categorias
Livros sobre Tecnologia

6 livros sobre PHP para você ficar craque no código

Entre as muitas áreas de negócios, sem dúvida a Tecnologia da Informação é uma das mais difíceis de se manter atualizado. Por isso, pode ser complicado encontrar um material atualizado sobre o assunto, como no caso dos livros sobre PHP.

De forma geral, precisamos ter muito cuidado ao comprar livros sobre TI, já que eles podem ficar desatualizados muito rápido. Contudo, se você não abre mão ter o material impresso em sua casa, nós separamos alguns livros sobre PHP que ainda são úteis em 2020. Veja a seguir!

Livros sobre PHP para aprender e se atualizar

De forma simples, PHP é uma linguagem de programação usada para construir sites dinâmicos, extensões de integração de aplicações e agilizar o desenvolvimento de um sistema. Por ser compatível com a maioria dos sistemas operacionais, o PHP é a linguagem mais usada do mundo. Além disso, ela é fácil de aprender, de ser manuseada e tem baixo custo.

Com certeza, aprender sobre o assunto é indispensável para todos os programadores e desenvolvedores!

Para te ajudar com essa tarefa, separamos os melhores livros sobre PHP disponíveis na Amazon. Confira!

1. PHP Programando com Orientação a Objetos, por Pablo Dall’Oglio

Um dos livros mais completos e atemporais sobre PHP é a obra de Pablo Dall’Oglio. O objetivo desse livro é ensinar o desenvolvedor a criar uma aplicação totalmente baseada em objetos, que ao mesmo tempo atenda os padrões de projeto atuais.

Além da abordar os fundamentos da orientação de objetos, o autor também explica como criar componentes que formarão uma framework para ser usado na construção de uma aplicação de negócios. Em contrapartida, o livro também explica como manipular um banco de dados de maneira orientada a objetos, bem como criar componentes que o ajudarão a melhorar a interface e ganhar produtividade na construção de gráficos, formulários, relatórios e datagrids.

2. PHP Para Quem Conhece PHP, por Juliano Niederauer

Embora tenha esse nome, a obra de Juliano Niederauer pode ser lida mesmo por quem teve pouco contado com a linguagem, já que ele faz uma revisão bem abrangente sobre o assunto. Contudo, o ponto forte desse livro é te transformar em um especialista. Então, ele abordará principalmente recursos avançados de PHP.

O grande diferencial desse livro é a didática do autor, que permite que o leitor compreenda mesmo os assuntos mais complexos. Para isso, são usados vários exemplos e, ao final, um estudo de caso envolvendo diversos recursos de linguagem.

Em resumo, o livro “PHP Para Quem Conhece PHP” ensina o que é necessário para que o leitor tenha um conhecimento avançado. O autor fala como melhorar o processamento de formulários e utilizar novas funções de filtro, manutenção de cookies e sessões, upload de arquivos, criação de gráficos e imagens, templates, arquivos PDF, exclusão de banco de dados, etc.

3. Construindo uma Aplicação web Completa com PHP e MySQL, por William Pereira Alves

Se você procura um livro para iniciantes, a obra de William Alves pode te ensinar muito coisa. De fato, a matéria é apresentada de forma simples, objetiva e bastante didática; com muitas imagens e exercícios. Assim, ele é excelente para alunos de cursos da área da computação!

Esse livro, além de explicar sobre os fundamentos da programação PHP, sua instalação e configuração, e como criar classes para manipulação de banco de dados, ele fala brevemente da linguagem HTML e sobre os servidores MySQL e Apache.

Entretanto, com o lançamento de das novas versões de PHP, o livro está começando a ficar desatualizado. Mesmo assim, o livro continua relevante e é possível aprender muito sobre o assunto!

livros sobre PHP

4. Construindo Aplicações web com PHP e MySQL, por André Milani

De forma semelhante ao livro anterior, “Construindo Aplicações web com PHP e MySQL”, de André Milani é um pouco mais antigo, mas tem uma didática incrível. Por meio de exemplos práticos, o autor ensina tudo que é necessário para conhecer e utilizar o código.

O livro aborda o assunto partindo do básico, como a modelagem de bando de dados (por meio do MySQL) e a linguagem de programação, até os recursos mais avançados. Assim, esse livro pode ser usado como referência para desenvolvedores e programadores.

5. Desenvolvendo Websites com PHP, por Juliano Niederauer

Outra obra de Niederauer que pode ser de grande ajuda para quem tem um conhecimento básico a intermediário sobre o assunto é o livro “Desenvolvendo Websites com PHP”.

Nessa obra, Niederauer, apresenta técnicas fundamentais de programação para o desenvolvimento de sites interativos e dinâmicos. Ele aborda os princípios básicos de programação até manutenção de banco de dados, sempre com muitos exemplos. Assim, a leitura e a compreensão se tornam fáceis!

Entre os tópicos do livro, encontramos a definição de PHP, conceitos básicos e avançados do código, criação de programas orientados a objetos, bem como comandos PHP em conjunto com tags HTML e criação e manutenção de banco de dados em SQLite, MySQL e PostgreSQL.

6. PHP & MySQL: Server–side Web Development, por Jon Duckett

Por fim, o livro mais recente sobre PHP é a obra de Jon Dukett, que será lançada em novembro de 2020. Contudo, livro está em pré venda na Amazon somente na versão em inglês. Assim, se você tem um bom conhecimento do idioma, vale a pena investir nesse lançamento.

Como comentamos no início desse post, pode ser bastante difícil comprar livros sobre PHP, já que todo ano ele é atualizado, sendo válido somente por dois anos. Dessa forma, essa obra é a melhor maneira de se manter atualizado sobre o assunto.

O livro promete uma didática bastante eficaz, com uso de exemplos práticos, infográficos e imagens com o passo a passo das instruções. O livro ensinará sobre o linguagem de programação usada para construir sites como o WordPress, Facebook e Wikipedia, e como esses sites usam o banco de dados para criar páginas e guardar informação. Além disso, o livro ensina como construir novas aplicações desde o princípio com o PHP e o MySQL.

Está ansioso para esse lançamento para esse lançamento no universo dos livros sobre PHP? Então não deixe de fazer sua reserva!

Categorias
História

7 livros sobre história do Brasil

Nas palavras de quem conhece o assunto, nosso país Brasil não foi feito iniciantes. Ou seja, para entendermos a fundo nossa realidade, precisamos conhecer bem nosso passado. Nesse sentido, investir em livros sobre história do Brasil é uma forma de compreender a nação que nos tornamos.

Ao certo, seja para estudantes ou professores, mergulhar em tempos remotos ainda pode ser prazeroso e esclarecedor. Até porque, embora recente em relação a demais países, nossa cultura é rica em emoções, lições e experiências.

Sugestões de livros sobre história do Brasil

Recorrer a livros sobre história do Brasil é uma forma saudável para você poder explorar todo o conhecimento contido em séculos de colonização e modernização. Sendo assim, para saber por onde começar, criamos a seguir alguns dos mais aclamados livros sobre história do Brasil.

1. Mulheres do Brasil – A história não contada, por Paulo Rezzutti

Para abrir nossa lista de livros sobre história do Brasil, nesta obra o pesquisador e escritor relata a trajetória de mulheres que foram ignoradas ou ficaram conhecidas em nossa história. Em sua narrativa, ele aborda a vida desde as vilãs e guerreiras até as representantes artistas e do círculo do poder.

Além do mais, o autor ainda traz à luz as trajetórias desconhecidas de figurantes marcantes indígenas e negras, analisando a evolução feminista até os dias de hoje. Em suma, a obra abrange a vida de mais de duzentas mulheres que tiveram suas histórias simplificadas, deturpadas ou alteradas.

2. O livro obscuro do descobrimento do Brasil, por Marcos Costa

Com autoria do professor e historiador, a obra oferece a você uma viagem surpreendente. Nesse sentido, é possível acompanhar as mudanças que influenciaram para sempre a humanidade. Além do mais, ela apresenta tramas, personagens e fatos que foram ignorados oficialmente.

Enfim, na leitura você vai embarcar numa jornada de aprendizado que retrata um olhar diferente sobre nosso descobrimento. Para isso, ainda entram na estória fatores como ciência, magia, conspirações, e enigmas, religião, mistério e intrigas e lutas.

3. Histórias da gente brasileira, por Mary del Priori

Nesta dica de livros sobre história do Brasil, a autora e historiadora traz quatro volumes que ajudam você a conhecer mais a fundo uma história diferente do nosso país. Melhor dizendo, a leitura leva você a analisar nossa cultura além dos grandes nomes, datas e feitos que marcaram o passado.

Ou seja, esqueça os fenômenos sociais que causaram impactos na população, pois ela aborda as histórias do dia-a-dia de pessoas comuns. Para isso, cada página relata o cotidiano de personagens anônimos, raramente apresentados em livros sobre o assunto.

Enfim, o livro é uma viagem pelos períodos históricos da época colonial até as fases do império e origens da nossa república. Nesse sentido, o centro da trama é a história de brasileiros que vivem a partir de seu trabalho, produzindo, ganhando a vida e inventando a própria história a cada dia.

livros sobre história do Brasil

4. 1824, por Rodrigo Trespach

Neste título, o escritor e historiador apresenta a chegada de imigrantes alemães ao Brasil, bem como a origem das primeiras colônias no século XIX. Nesse sentido, a obra aborda como essa população ajudou na instalação das primeiras colônias agrícolas brasileiras.

Além do mais, você vai ver como como deu-se o plano para assassinar Dom Pedro I e até o surgimento da igreja protestante brasileira. Enfim, por meio de diários e documentos de viagem, o autor oferece uma pesquisa histórica narrada de forma fascinante sobre a pouco conhecida formação do nosso país.

5. Todos contra todos: o ódio nosso de cada dia, por Leandro Karnal

Além de ser um dos livros sobre história do Brasil mais provocativos da atualidade, esta obra do historiador e escritor é instigante e polêmica. Isso porque a narrativa traz a firmação de que o ódio é uma das formas mais poderosas para vermos nosso próprio rosto.

Para isso, o autor analisa nosso passado com um olhar no presente. Dessa forma, a obra oferece como a realidade e a história podem revelar o lado sombrio que nossa costuma não reconhecer. Como exemplos, o livro cita a violência nas ruas e no trânsito, as fofocas de esquina, a truculência nos jogos de futebol e até os comentários das redes sociais.

Ou seja, o autor traz uma reflexão sobre como e por que somos tão violentos no cotidiano. Enfim, para marcar esta dica de livros sobre história do Brasil, este best-seller ainda alia as qualidades de leitura que fizeram a autor ser um dos mais lidos do país, como leveza, erudição, humor e profundidade.

6. D. Pedro: A história não contada, por Paulo Rezzutti

Para fechar nossa lista de livros sobre história do Brasil, aqui a obra aborda um pouco mais a vida por trás de um dos nomes mais importantes. Afinal, fala-se muito sobre o grito do Ipiranga e o jeito impaciente e de personalidade difícil do monarca.

Ou seja, mesmo quase duzentos anos após sua morte, sabe-se pouco sobre esse homem complexo. Nesse sentido, o autor aborda fatos sobre sua disposição para morrer por uma causa, a preocupação para com os filhos e seu protagonismo na transição de absolutismo e liberalismo para o regime constitucional.

7. Quando eu vim-me embora, por Marco Antonio Villa

Na obra de autoria do historiador, professor e colunista Marco Antonio Villa, você poderá acompanhar como ocorreu a migração nordestina para os Estados da região Sudeste. Para isso, a obra apresenta elementos como frustrações, sonhos, preconceito e dificuldades variadas.

Aliás, os personagens estão à procura de sucesso financeiro, ascensão social e vitória pessoal. Em linhas gerais, milhares de pessoas, entre as décadas de 1930 e 1980, começaram a abandonar suas cidades de origem e mudaram de Estado como se estivessem mudando de país.

Isso porque eles viam São Paulo como outro mundo, com maior sociabilidade, oportunidades de trabalho e a facilidade de poder falar o mesmo idioma. Enfim, como um dos melhores livros sobre história do Brasil, na obra o autor oferece a você uma grande oportunidade para mais detalhes sobre um dos movimentos populacionais mais fundamentais da nossa história recente.

Categorias
Livros sobre Educação

7 livros sobre desenvolvimento infantil

O desenvolvimento infantil é algo que adultos e responsáveis devem ter total consciência da importância desse momento na vida de uma criança. Para saber como lidar com o assunto, conheça ótimos livros sobre desenvolvimento infantil.

O desenvolvimento da criança

É de suma importância saber como lidar no desenvolvimento infantil de um indivíduo. As crianças podem apresentar comportamentos muito questionadores e que serão determinantes para o seu futuro pessoal e profissional.

Tamanha importância desse momento, é que grande parte das pessoas têm lembranças muito nítidas dessa época. Além disso, o desenvolvimento infantil é um assunto pouco abordado e que muitas pessoas, como futuros pais, possuem grande insegurança em encarar esse momento.

Justamente por isso, buscar livros sobre desenvolvimento infantil é a melhor opção para adquirir um conhecimento adequado sobre o assunto e auxiliar a criança a ter o melhor e mais agradável desenvolvimento possível.

Importante frisar também, que o desenvolvimento infantil pode se apresentar de formas muito diferentes. Por conta disso, o estudo deve ser contínuo, tanto dos responsáveis, quanto da criança. Para maiores entendimentos, confira os 7 melhores livros sobre desenvolvimento infantil.

6 ótimos livros sobre desenvolvimento infantil

Como é um assunto que ainda causa uma insegurança de ser enfrentado, os livros sobre desenvolvimento infantil garantem uma visão ampla e diferente sobre o assunto. Ou seja, dessa forma, torna-se muito fácil saber passar por esse momento de forma fluída.

Além disso, é um momento que necessita de muita paciência e maturidade por parte dos pais, professores, psicólogos e demais adultos que estão próximo de certa forma desta criança. Por conta disso, ler e pesquisar sobre o assunto é a melhor alternativa para abordar esse momento com uma visão ampla e madura.

1. Desenvolvimento Infantil: O Que Desenvolve? – João Batista Araujo e Oliveira

A intenção do livro é abordar uma nova forma de enxergar a ciência do desenvolvimento humano sobre o desenvolvimento infantil. Em suma, a linguagem do livro é acessível e qualquer pessoa pode ler, sejam pais, professores e demais profissionais e pessoas que tenham interesse pelo assunto.

Ainda assim, o público-alvo para este que é um dos melhores livros sobre desenvolvimento infantil,  são profissionais e estudantes de áreas específicas do desenvolvimento da criança. Dessa forma, o livro mostra como, de fato, se desenvolvem.

Essa demonstração é feita com base em dados científicos de grande seriedade, baseados em profissões como Psicologia, Neurociência, Biologia, Antropologia e Sociologia. Importante salientar que o livro também é ótimo para pessoas que gostam de algo simples, sério e prático.

Afinal, possui 10 capítulos de teorias e práticas que apresentam de uma maneira articulada e simples todo o conteúdo do livro, a fim de promover uma visão diferente e interessante sobre o assunto.

2. Fases do Desenvolvimento Infantil – Naria Lima

Neste livro, o conteúdo abordado cobre todo o momento de nascimento da criança, conhecido como dependência total, até o indivíduo começar a mostrar características independentes e autônomas. Dessa forma, também aborda o momento em que a criança inicia a escola e troca informações e personalidade com demais indivíduos.

Assim, o livro garante uma abordagem muito detalhada, mas não massante, sobre o passo a passo que ocorre em todo o processo de desenvolvimento infantil, que dura dos 0 aos 6 anos. Entre os livros sobre desenvolvimento infantil, pode ser considerado o mais procurado, já que o assunto é abordado de maneira detalhada.

livros sobre desenvolvimento infantil

3. Enfrentando os Desafios do Desenvolvimento Infantil – Iñaki Pastor e Jara Acín

No livro “Enfrentando os Desafios do Desenvolvimento Infantil”, é possível se deparar com situações e questões que todo adulto sente quando está acompanhando uma criança em desenvolvimento infantil.

Entre os livros sobre desenvolvimento infantil, este é um dos poucos que aborda dúvidas muito pessoais e do cotidiano, como:

  • Quando devo pegar a criança no colo?
  • Devo ajudá-lo ou esperar que ele peça?

Assim, abordando temas naturais, mas que ainda causam grande conflito, é possível observar se a criança está carente de atenção, se está tendo um desenvolvimento adequado e quando será necessário ajudá-la nos detalhes.

4. Manual Prático do Desenvolvimento Infantil – Elizangela Aparecida Barbosa e Paula Cristina Sellan Fukusato

Entre os livros sobre desenvolvimento infantil, “Manual Prático do Desenvolvimento Infantil” é um livro com linguagem para profissionais de saúde, educação, pais, cuidadores, estudantes e demais pessoas que buscam conhecer e entender melhor o desenvolvimento infantil.

Dessa forma, o objetivo de ambas as criadoras dos livros é justamente alertar às pessoas e disseminar o conhecimento para todos os indivíduos que possuem grande interesse com o tema. Assim, trata o desenvolvimento infantil com a seriedade que merece, mas com uma linguagem de fácil entendimento.

5. O Brincar no Desenvolvimento Infantil – Giscarla Pereira Dantas

Com a intenção de preparar os profissionais para o mercado de trabalho, o livro promove a ideia e mostra a importância que a brincadeira tem durante o desenvolvimento infantil. Dessa forma, traça um panorama sobre a cultura lúdica e como suas contribuições afetam os contextos históricos.

Dessa forma, o livro proporciona uma visão abrangente e única sobre o assunto, sempre procurando mediar e facilitar a aprendizagem. Assim, as crianças conseguem desenvolver habilidades, raciocínio e facilitar o aprendizado.

6. Vamos Brincar de quê? – Daniele Nunes Henrique Silva

Como dito na explicação do livro anterior, as brincadeiras são ótimas alternativas para auxiliar no desenvolvimento infantil. Assim, em “Vamos Brincar De Quê?”, encontram-se análises que buscam subsidiar a prática de professores.

Dessa maneira, o livro oferece uma série de atividades altamente interativas que podem ser colocadas em prática na sala de aula. Com a intenção de ajudar no desenvolvimento de forma alegre, prática e muito divertida, ajuda o profissional a cncher a memória da criança somente com lembranças alegres e momentos únicos de aprendizado.

O conteúdo presente no livro é uma ótima forma de auxiliar a criança a passar por um momento de grandes descobertas e questionamentos inocentes, além de fazer com que o profissional se sinta muito mais capacitado para lecionar e também adquira novos conhecimentos e experiências que levará para todos os momentos.

Dessa forma, este livro de Daniele Nunes Henrique Silva torna-se um dos livros sobre desenvolvimento infantil com uma enorme quantidade de benefícios.

Categorias
Comportamento

Livros sobre velhice: 7 obras que você deve ler

Saber lidar com a velhice é extremamente importante para nos prepararmos para esse momento, bem como para sabermos lidar com pessoas próximas a nós. Os livros sobre velhice agregam um conhecimento sem igual, além de ensinar com maestria como lidar com essa situação.

O que saber sobre a velhice

A velhice, também chamada como terceira idade, é caracterizada pela perda da jovialidade, força e degeneração do organismo. É comum que o ser humano atravesse uma série de fases durante a vida, já que é assim que crescemos e amadurecemos.

No entanto, é muito comum que essa fase cause uma certa confusão, seja para quem convive com uma pessoa que está envelhecendo, ou para quem está passando por esse processo. Os significados e simbolismos presentes nessa fase da vida, são muito particulares de cada um.

Em determinadas culturas e famílias, o idoso é considerado o chefe da família e aquele que ainda assume as responsabilidades sobre os acontecimentos. Dessa forma torna-se a figura exemplo para os mais jovens e aquela pessoa que todos procurarão na hora de pedir um conselho.

Infelizmente em outras sociedades, o idoso é visto como uma pessoa que já viveu tudo aquilo que tinha para viver e agora somente precisa esperar o final de sua vida. Por conta disso, são considerados incapazes e inúteis perante a sociedade, o que, logicamente, está errado.

Dessa forma, é muito comum encontrar idosos que se sentem inferiores perante a sociedade atual. Isso porque, em muitos casos, deixa de trabalhar e passa a viver com uma renda reduzida e dependendo de familiares ou somente dele mesmo.

Durante essa fase, também é de suma importância entender o cuidado para evitar a depressão e não abandonar o idoso, já que é uma época que necessita de grande paciência para com o indivíduo. Ainda assim, existem muitos idosos que viver de forma intensa. Para entender mais sobre esse período, os livros sobre velhice podem ajudar.

7 livros sobre velhice que mudarão sua forma de pensar

Após entender um pouco sobre as dificuldades que o ser humano passa após adentrar o estágio da velhice, é muito válido aprender a lidar com esse processo, seja para conhecimento próprio, para sua futura ou atual profissão ou, até mesmo, para aplicar em uma pessoa próxima a você.

1. A Bela Velhice – Mirian Goldenberg

Um dos livros sobre velhice de maior popularidade, “A Bela Velhice” aborda o assunto de uma forma muito simples, mostrando que a velhice é uma forma de se libertar das regras que são impostas pela sociedade e uma forma de viver com maior alegria e menos amarras.

Dessa forma, o livro de Mirian Goldenberg visa mostrar que o processo de envelhecimento pode ser desafiador, mas muito bonito e agradável. O conteúdo também é baseado em depoimentos e pesquisas feitas de forma detalhada e aprofundada.

2. A Arte de Envelhecer – Sherwin B. Nuland e Claudia Martinelli Gama

Entre os livros sobre velhice, é possível encontrar A Arte de Envelhecer. O livro é conhecido por ser uma das coletâneas de histórias e reflexões mais procuradas. Além disso, explora a escrita de uma forma muito clara e acessível, tornando possível que públicos de diversas faixas etárias o compreendam.

Em suma, o livro contém as experiências também do autor, exemplos de terceiros, reflexões valiosas e mostra tudo aquilo que a maturidade tem a oferecer ao ser humano.

Livros sobre velhice

3. Como envelhecer – Anne Karpf

O conteúdo do livro aborda de uma forma descomplicada, em cada capítulo, ideias sensatas para se adaptar de melhor forma ao passar dos anos. Além disso, oferece uma forma diferente, clara e bem escrita sobre uma perspectiva diferenciada e positiva sobre como envelhecer positivamente.

Assim, o livro ajuda o indivíduo a se livrar de preconceitos, assumir a idade e sentir-se bem consigo mesmo. É, também, uma ótima forma de repensar o tratamento que damos a muitas pessoas que estão em processo de envelhecimento.

4. Memórias de Uma Envelhecente: O Lado Bom de Envelhecer – Judith Nogueira

Mesmo que o livro possa ser lido por uma série de públicos, o mais indicado é que pessoas de quarenta anos ou mais mergulhem nas histórias contadas. A fim de esclarecer o assunto, o livro promete uma leitura de grande importância e que agregará uma visão mais ampla sobre o assunto.

Além disso, também é indicado para pessoas jovens, mas que se sentem velhas. Assim, o conteúdo é perfeito para tirar dúvidas, esclarecer certos tabus e fazer com que toda pessoa trate o assunto com maior naturalidade.

5. Velho é Lindo –  Mirian Goldenberg

Em “Velho é Lindo”, um dos livros sobre velhice mais instigante, garante um novo olhar sobre como é e o que é envelhecer em grandes cidades e centros urbanos. No livro, encontram-se nove artigos de grande seriedade, leitura agradável e descomplicada, propondo um olhar leve.

Em suma, o conteúdo do livro auxilia a identificar sofrimentos, preconceitos religiosos e oferece uma grande quantidade de pesquisas bibliográficas que auxiliam a todos a ter uma bela velhice. Além disso, a intenção é mostrar que a velhice, utilizada como termo pejorativo para algo sem utilidade, hoje em dia foi substituída por uma nova geração de belas e felizes pessoas.

6. Novos Velhos: Viver e Envelhecer Bem – Léa Maria Aarão Reis

Como o envelhecimento é uma realidade impossível de fugir, neste que é um dos mais conhecidos livros sobre velhice, é possível notar uma abordagem que coloca a terceira idade com qualidade e vitalidade de cerca de vinte anos.

Assim, o livro aborda sobre os novos idosos, pessoas com interesses amadurecidos, atividades diferentes e a vontade de viver como antes nunca haviam tido.

7. Psicologia do Envelhecimento para Leigos: Como Conviver e Cuidar de Pessoas Idosas – Emílio Figueira

O livro é escrito com abordagem direta, simples e descomplicada, já que é voltado especificamente para cuidadores de idosos e demais interessados no assunto. O conteúdo presente no livro, aborda as visões gerais da sociedade para com os idosos, questões psicológicas e explica brevemente o motivo pelo qual o idoso volta a ser criança.

Considerado um dos melhores livros sobre velhice, garante uma experiência diferenciada e que coloca em pauta o ego versus o desespero.